Projeto Pedagógico

Projeto Pedagógico (Em construção...)

Nossa proposta pedagógica busca preparar os nossos alunos para as mudanças profundas que estão ocorrendo na atualidade, dando-lhes os instrumentos para a sua inserção na sociedade; permitindo-lhes compreender a realidade e preparando-os para agir de forma consciente, transformadora e ética.

Para que a proposta ocorra, queremos que os alunos assumam um papel ativo no seu processo de aprendizagem e que os professores sejam mediadores na aquisição de competências e habilidades necessárias ao seu completo desenvolvimento.

Os conteúdos não devem ser repassados de forma acrítica e descontextualizada. Mas pelo contrário, deve-se buscar sua conexão com a realidade, seja com suas raízes históricas, seja com as questões do presente. Nossa didática deve estar embasada teoricamente nas mais atualizadas correntes pedagógicas, sendo continuamente planejada e modificada conforme as necessidades dos alunos.

Dessa forma, propomos:

– aulas dinâmicas e interativas, baseadas em prévio planejamento, trabalhando com diferentes capacidades, habilidades e competências.

– oferecer ao aluno práticas pedagógicas que estimulem a criticidade, a reflexão, a criatividade e a preparação para o enfrentamento dos desafios do presente;

– que o aluno seja preparado para participar de diferentes ações pedagógicas com autonomia, responsabilidade e disciplina. Por exemplo, aprender estudar sozinho, executar as tarefas de classe e extraclasse, trabalhar em equipe, desenvolver habilidades oratórias etc.

– a preparação do aluno para o domínio das novas tecnologias e para a utilização crítica e responsável desses suportes;

– coerência e equilíbrio entre discurso/ação para promoção da verdade e da equidade;

– que os professores reflitam continuamente sobre sua prática pedagógica, atualizando-as e adaptando-as às necessidades do processo de ensino-aprendizagem. Além disso, eles devem atuar de forma estratégica; com planejamento, acompanhamento do aluno e avaliação contínua durante o processo de aprendizagem, intervindo pedagogicamente e retomando o processo sempre que necessário.

–  a valorização do trabalho coletivo tanto nas atividades que envolvem os professores, quanto naquelas que envolvem os alunos.

– a valorização de atividades interdisciplinares, dando aos alunos uma visão holística sobre o conhecimento. Além disso, os alunos devem interagir mais com a comunidade, conhecendo sua realidade e problemas, ajudando na busca de soluções.

– que a avaliação não pode ser apenas uma ferramenta quantitativa e seletiva, mas um procedimento contínuo, dinâmico e investigativo. Sendo um instrumento que ajude o aluno no seu processo de aprendizagem.

– que a recuperação, quando necessária, deve ser imediata e contínua, sanando o mais rápido possível os problemas diagnosticados.